Blog de TIAGO SANTIAGO

17/09/2011

Estou vivendo um momento de relativa calma, sem a obrigação de escrever um capítulo por dia. Nos últimos anos, é o mais próximo do que eu possa chamar de "férias", apesar de ser viciado em trabalho e já estar com a cabeça a mil, pensando na próxima novela, e cuidando dos afazeres da vida. Aproveitei o tempo para cuidar de check-up, já que a saúde não deve jamais ser negligenciada, e curtir a família. Publico abaixo trecho de cena que foi ao ar no capítulo de sexta. É o tipo de cena que mostra a importância de "Amor e Revolução", na teledramaturgia brasileira:

cena 7. apto de Maria. int. dia

Duarte conversa com Beto e Mário, num canto da sala, tomando uma cervejinha.

DUARTE         — Vocês já foram ver o Rei da Vela no Teatro Oficina?

BETO              — É claro. Imperdível. No dia em que eu fui, um espectador gritou muito que o Oswald de Andrade tinha que ser levado pro DOPS!

MÁRIO            — Como se o Oswald não tivesse morrido há anos!

TODOS RIEM.

DUARTE         — A gente tá rindo, mas o teatro Oficina tem recebido ameaças quase diárias.

BETO              — Eles já têm até um plano pra escapar pelos fundos, se o Teatro for mesmo atacado pelo Comando de Caça aos Comunistas.

DUARTE         — Quero fazer o mesmo que Zé Celso fez com o texto do Oswald de Andrade: uma experiência revolucionária!

BETO              — Ou como ele diz, um estado de criação violenta, selvagem!

DUARTE         — Vamos dizer o que precisa ser dito mas enlouquecendo na forma. Quero deixar o público perplexo, abalado!

BETO              — Vamos sacudir o público burguês paulistano!

MÁRIO            — Temos que provocar, mas com cuidado pra não cutucar a onça com a vara curta!

DUARTE         — Vamos assistir de novo o Rei da Vela. Depois a gente conversa.

MÁRIO            — Meu medo é que um dia esses fascistas fanáticos da extrema direita invadam o Teatro Oficina ou o nosso Teatro da Vanguarda e espanquem o elenco!

BETO              — É um perigo. Lembram  o que aconteceu com o pessoal do Teatro Jovem ano passado no Rio? Invadiram o teatro para impedir um debate sobre Brecht. Imagina essa peça, louca desse jeito.

MÁRIO            — Eu nem sei como esse texto do Plínio Marcos que tá aí em cartaz passou na censura. Caramba, é barra pesada. Fala dos pobres, dos “lumpens”, do pessoal degradado, segregado, os excluídos, à margem da sociedade.

DUARTE         — É o “Dois Perdidos numa Noite Suja”?

BETO              — Esse mesmo. O cara é quente. Pega pesado mesmo.

MÁRIO            — E tem o outro texto também, “Navalha na Carne”, outra porrada. Plínio Marcos conseguiu jogar a voz da periferia na cara da burguesia!

DUARTE         — Pois é... Isso tudo me deixa inquieto, agitado, louco pra sair por aí criando livremente, colocando no palco toda essa loucura e essa maravilha que é o Brasil.

 


Escrito por TIAGO SANTIAGO às 21h20
[] [envie esta mensagem] []


06/09/2011

Segue aqui a sequência de cenas de Marcela e Marina, que culmina com o beijo que entrou pra história da TV, no Brasil:

cena 2. jornal. sala de marina. int. dia

marina e marcela se encaram. cont. da cena 26 do cap. anterior.

MARINA         — Fala, Marcela, quem é essa pessoa apaixonada por mim?

MARCELA      — (SUSPIRA) Se você ainda não percebeu, esquece.

MARINA         — Como esquece? Quero saber. É jovem, é alto, baixo?

MARCELA      — Tem que ser homem?

marina se assusta.

MARINA         — Não... quero dizer, não sei...

MARCELA      — Você seria capaz de ter uma relação com uma mulher?

MARINA         — Não, sinceramente, não me vejo hoje tendo uma relação homossexual. Por que você perguntou isso?

MARCELA      — É que eu tenho uma amiga homossexual que se interessou por você.

MARINA         — É mesmo? Quem é?

MARCELA      — Como você não se vê tendo um relacionamento com uma mulher não posso dizer.

MARINA         — Ah não, agora você me deixou curiosa!

MARCELA      — Sinto muito, mas não quero ser indiscreta.

MARINA         — Pois eu vou ser indiscreta.

MARCELA      — Vai ser indiscreta?

MARINA         — Vou.

MARCELA      — Como?

MARINA         — Essa mulher que está interessada em mim... é você, por acaso?

MARCELA      — Eu?

MARINA         — Responde, Marcela!

MARCELA      — Você acha que eu tô a fim de você?

MARINA         — Sinceramente? Acho!

marcela olha sem jeito.

na saia justa entre as duas, que se olham.

CORTA PARA

 

cena 13. jornal. sala de marina. int. dia

marina e marcela se encaram. cont. da cena 2.

MARCELA      — Então você acha que gosto de você mais que como uma simples amiga?

MARINA         — É o que tá passando pela minha cabeça.

MARCELA      — E se eu te disse que é verdade?

MARINA         — Não vai ser nenhuma surpresa.

MARCELA      — E você vai deixar de ser minha amiga por causa disso?

MARINA         — Não.

MARCELA      — Então eu confesso. Eu me apaixonei por você.

MARINA         — Que loucura.

MARCELA      — Você acha? Você é a pessoa mais doce que já conheci. Tem uma alma linda, os olhos mais bonitos que uma pessoa pode ter.

MARINA         — Você também é linda, Marcela.

MARCELA      — E você tá tão sozinha, neste jornal, apaixonada por um homem casado...

MARINA         — Eu te falando tudo, desabafando o que tá se passando comigo, nem podia imaginar o que você tava sentindo por mim.

MARCELA      — Comecei a imaginar como seria...

MARINA         — Nós duas?

MARCELA      — Sim.

marcela e marina, olhos nos olhos.

corta para

 

cena 18. jornal. sala de marina. int. dia

marcela e marina se olham.

MARINA         — Não sei.

MARCELA      — O que você não sabe?

MARINA         — Se eu soubesse,eu te diria.

MARCELA      — Fala o que você tá pensando.

MARINA         — É que eu nunca pensei nisso antes.

MARCELA      — Nunca? Nem quando era mais nova?

MARINA         — Minha vida inteira pensei sempre nos homens.

MARCELA      — Você seria capaz de me dar um beijo?

MARINA         — De amiga, sim.

MARCELA      — E de amante?

MARINA         — Não... Acho que não...

MARCELA      — Um beijo... pra você saber se quer... ou não...

CLIPE. MARCELA SE APROXIMA DE MARINA.

MARCELA BEIJA MARINA.

MARINA SE DEIXA BEIJAR.

MARINA         — Para, por favor.

MARCELA      — Não quero parar.

MARINA         — Você tá indo muito rápido.

MARCELA      — Então tem alguma chance?

MARINA         — Não... Não sei...

NA SURPRESA DE MARINA E PAIXÃO DE MARCELA,

corta para


Escrito por TIAGO SANTIAGO às 21h45
[] [envie esta mensagem] []


31/08/2011

Queridas e queridos, conforme combinado, vou atualizar meu blog. Acabei de escrever a novela, e estou colocando a vida pessoal em dia, aos poucos: dentista, check-up, arrumar a casa, tantas coisas que fiquei sem tempo de fazer, escrevendo a novela. Publico abaixo cena linda e emocionante, que foi ao ar, recentemente, com ótimas interpretações do Ivan Almeida e do Lui Mendes:

 

cena 28. dops. carceragem. int. noite

jeová arruma as camas da carceragem. percebe a chegada de alguem. olha e se surpreende com  santos.

JEOVÁ             — Pai? O que o senhor tá fazendo aqui?

SANTOS         — Eu vim te ver meu filho.

JEOVÁ             — Oh! Pai. Eu senti muito a sua falta.

SANTOS         — Vim te pedir desculpas. Não deveria ter agido contigo da forma que agi.

jeová abraça o pai emocionado. Eles saem do abraço.

JEOVÁ             — Tá tudo bem, pai. O importante é que o senhor tá aqui.

SANTOS         — Mas eu tenho que me desculpar. Você sempre foi um rapaz carinhoso, leal, de bom caráter. Nunca me deu motivo de preocupação ou aborrecimento. Sempre foi motivo de orgulho pra mim.

JEOVÁ             — Eu também tenho muito orgulho do senhor.

santos continua

SANTOS         — Eu pensei muito em tudo que você representa como ser humano, como profissional. Mesmo trabalhando aqui no DOPS você foi um raio de esperança para muita gente que tava sofrendo e nunca deixou que nenhuma dor mudasse o seu caráter.

jeova se emociona

santos com a voz embargada

SANTOS         — Eu não posso me esquecer de um filho maravilhoso, de um excelente cidadão por que ele resolveu na vida pessoal se envolver com outro homem.

JEOVÁ             — Desse jeito eu não vou agüentar pai.

SANTOS         —Deveria me envergonhar se você fosse um torturador, um assassino, um ladrão. Mas você só foi em busca do que te fazia feliz. E se a tua forma de ser feliz é essa, quem sou eu pra te recriminar?

JEOVÁ             — As pessoas podem achar que é sem-vergonhice. Mas não é. Lutei contra mim mesmo.

SANTOS         — Não deve ser fácil. Você vai enfrentar muitos preconceitos pelo mundo afora. Mas a casa do teu pai será um porto seguro onde você pode voltar.

JEOVÁ             — Eu tinha certeza que uma hora o senhor ia me entender.

SANTOS         — O amor tem que ser mais forte que o preconceito. Eu não posso ser contra o amor. Queria que você me perdoasse, filho.

JEOVÁ             — Não há o que perdoar. O senhor é o melhor pai do mundo.

SANTOS         — Eu te amo do jeito que você é, meu filho. E nada nesse mundo pode ser mais forte do que esse amor que eu sinto.

os dois se abracam emocionados.

no abraço dos dois

corta para


Escrito por TIAGO SANTIAGO às 11h55
[] [envie esta mensagem] []


06/07/2011

Este blog está desatualizado porque tenho tempo apenas para escrever a novela. Tenho escrito 6 caps de 50 págs por semana, 300 págs, para poder encerrar o trabalho da novela dentro do prazo final de gravações, que é em agosto.

Vou atualizar tudo depois que acabar de escrever. Abro exceção aqui para corrigir duas notas errôneas que saíram na Imprensa, na coluna Zapping, do jornal Agora SP: 1) Nunca lamentei decisão da direção do SBT. Sou parceiro em todas as decisões. Sei acatar orientações que foram tomadas por razões bem explicadas, relativas ao que podemos ou não mostrar na novela, apesar do horário, contando que existe uma parcela da audiência que ainda é muito conservadora e deve ser respeitada. Comemoro os avanços que tivemos nesta novela, um marco, no caminho da aceitação de homossexuais e na luta contra homofobia, respeitando os limites inerentes a uma emissora de canal aberto, concessão pública, que lida também com pressões de espectadores. 2) Não estou apelando para a erotização nem fazendo ode a amor livre, como foi publicado. O que eu disse por telefone para o Alberto Pereira é que o tema entrará em discussão, entre outros vários. A novela caminhará muito mais para rumos de folhetim clássico, novelão, do que qualquer outra coisa.

Começaram no ar os capítulos que escrevi depois da estreia. Todas as minhas novelas tiveram curva de audiência ascendente. Duvido que esta seja exceção.

 

 

 


Escrito por TIAGO SANTIAGO às 16h53
[] [envie esta mensagem] []


11/04/2011

Estreou "AMOR E REVOLUÇÃO". Vou passar a blogar com mais frequência.

O colunista Fernando Barros da Silva, da Folha, errou redondamente e mostrou desconhecimento da História ao avaliar a novela. Disse que não houve guerrilha no Brasil antes de 1964. Aconselho a dar uma olhada no Elio Gaspari, "A Ditadura Derrotada", capítulo "Pelas Barbas de Fidel", para ver o tamanho da besteira que publicou e assinou: "No início de 1962, uma nova organização esquerdista recebera a bênção cubana. O Movimento Revolucionário Tiradentes planejava a montagem de um dispositivo militar espalhado por oito áreas de treinamento em sete estados". Depois da vitória de Fidel em Cuba, em 1959, com certeza não faltou gente sonhando em fazer revolução pela guerrilha no Brasil. O colunista errou novamente ao dizer que a tortura aconteceu apenas depois de 1968, quando há centenas de casos documentados em 1964. Pode não gostar, mas não posso deixar passar inverdades em vão. Tudo bem, Fernando, se não gostar da novela, não assista, vai deixar de aprender um monte de citações da História bem pesquisadas, e errar é humano, portanto está desculpado. Porém vou ter que escrever carta à Folha, corrigindo os erros publicados.

A crítica de "O Globo", não vou nem comentar porque perdeu a credibilidade, portanto deixou de importar.

Obrigado ao Flavio Ricco, a Regina Rito e todos os outros companheiros de imprensa, que fizeram trabalhos mais sérios e respeitosos sobre a novela, demonstrando mais simpatia com este projeto tão importante para artistas, técnicos e prestadores de serviços de Tv em São Paulo. Responsabilidade social é assunto sério. É o emprego de muita gente em jogo.

Boa semana para todos. Prometo ler e publicar comentários em breve. Vou tentar blogar todos os dias, a partir de hoje.  

 


Escrito por TIAGO SANTIAGO às 14h18
[] [envie esta mensagem] []



Estreou "AMOR E REVOLUÇÃO". Vou passar a blogar com mais frequência.

O colunista Fernando Barros da Silva, da Folha, errou redondamente e mostrou desconhecimento da História ao avaliar a novela. Disse que não houve guerrilha no Brasil antes de 1964. Aconselho a dar uma olhada no google no Movimento Revolucionário Tiradentes, para ver o tamanho do seu erro. Depois da vitória de Fidel em Cuba, não faltaram projetos de guerrilha no Brasil. Errou novamente ao dizer que a tortura aconteceu apenas depois de 1968, quando há centenas de casos documentados em 1964. Pode não gostar, mas não posso deixar passar inverdades em vão.

A crítica de "O Globo", não vou nem comentar porque perdeu a credibilidade, portanto deixou de importar.

Obrigado ao Flavio Ricco, a Regina Rito, Marcia Abos e todos os outros companheiros de imprensa, que fizeram trabalhos mais sérios e respeitosos sobre a novela, demonstrando mais simpatia com este projeto tão importante para artistas, técnicos e prestadores de serviços de Tv em São Paulo. Responsabilidade social é assunto sério. É o emprego de muita gente em jogo.

Boa semana para todos. Prometo ler e publicar comentários em breve. Vou tentar blogar todos os dias, a partir de hoje.  

 


Escrito por TIAGO SANTIAGO às 14h18
[] [envie esta mensagem] []


30/03/2011

Sergio Madureira foi o produtor de novela mais criativo e ousado que já conheci. Fazia milagres nas novelas do Carlos Lombardi, com quem colaborei, produzindo sequências difíceis, em tempo recorde. Era um colega maravilhoso, alto astral, inteligentíssimo, inesquecível. Foi essencial na pré-produção, escalação e implantação de "Amor e Revolução". Madu, como carinhosamente o chamávamos, ficou muito abalado com a tragédia em Friburgo, cidade que amava. Acho que isso contribuiu muito para o que aconteceu logo depois. Que nossa estreia e nosso sucesso sejam um tributo a seu grande talento.

Escrito por TIAGO SANTIAGO às 19h15
[] [envie esta mensagem] []


25/03/2011

Segunda blogada do ano! Estou fraco em blog, mas adiantado em capítulos.

Novis: COLETIVA DE AMOR E REVOLUÇÃO. Foi tudo de bom. Obrigado, colegas da imprensa! Confio em vocês para ótima divulgação da novela. Artistas, técnicos, prestadores de serviço de SÃO PAULO agradecem, assim como os espectadores, que terão mais opção!

VI O PRIMEIRO CAPÍTULO! O SBT, tv mais feliz do país, onde reina o clima familiar de Silvio Santos, vem com um super novelão animado! O Boury pegou os dois primeiros caps e fez um especialzão de estreia. Dá quase uma hora de puro cinema. Façam xixi antes, porque acho que vai direto, sem comerciais. Haja adrenalina. Ficou movimentado, nunca vi tamanho ritmo em novela. Mérito do Reynaldo Boury, que vem aí com bela assinatura.

 UMA ROSA COM AMOR DE VOLTA AO AR! Acho que vai bombar mais cedo! U-hu! Fãs de URCA, como é chamada na intimidade, continuaram a produzir fan-fiction com a obra inspirada na novela original deliciosa de Vicente Sesso!

Comentário: achei ridículo a Record tirar Mutantes do ar, depois de trocar de horário das 19h para as 16h, quando estava dando 10. Desrespeito com quem estava acompanhando não é boa tática de programação.

Por outro lado: adorei a ideia de lançar  A ESCRAVA ISAURA, em DVDS. Preferia que não fosse condensada, mas... tudo bem!

Vem aí VAMP, no VIVA!

Uau! Tenho que escrever caps!

Tudo de bom!

Fiquem com DEUS!

Tchau!

 


Escrito por TIAGO SANTIAGO às 00h42
[] [envie esta mensagem] []


14/02/2011

Feliz Ano Novo! Nem acredito que é a primeira vez que blogo neste ano de 2011! Coitado deste blog abandonado, relegado, trocado pela novela! Estou escrevendo o cap 34! Notícias:

1 - Vou começar a colocar o clipping no blog, para ter mais movimento por aqui. 

2 - Tenho contrato no SBT até julho de 2013! Saiu notícia na coluna Outro Canal, da Keila Jimenez, na Folha, dizendo que tem gente apostando que eu volto para a Record, quando acabar o contrato com o SBT. Gente, não sei de onde veio isso! Minha renovação ou não com o SBT ainda está longe de entrar em discussão, ainda faltam dois anos e meio! Minha cabeça está totalmente voltada para agora, para AMOR E REVOLUÇÃO.

 Lembranças:

- Nildo Parente se foi. Trabalhei com ele em Adorável Julia, ao lado de Marilia Pera, com direção dela e do Domingos Oliveira, em 1983. Nildo incentivou em mim o amor pelo Cinema e pelo Teatro, especialmente os musicais. Era um colega querido, pessoa de grande amabilidade. Deixa saudades.

Viagem a Porto de Galinhas com Ligia e João Lucas foi deliciosa.

Beijos para fãs. 

 

 

 

 


Escrito por TIAGO SANTIAGO às 14h29
[] [envie esta mensagem] []


11/11/2010

AMOR E REVOLUÇÃO

Queridas e queridos, estou de volta! Continuo a bater recordes de ausência, no blog e no twitter, mas é por uma boa causa, estou já escrevendo o cap 11 de AMOR E REVOLUÇÃO, muito empolgado com a nova trama, a minha primeira original depois de MUTANTES. O Aguinaldo Silva consegue manter melhor site, blog, twitter, mas ele escreve uma novela a cada três anos, e eu tenho escrito uma por ano, rs. O blog é ótimo para corrigir notícias, às vezes distorcidas, que saem na mídia. Por exemplo, não é verdade que a direção artística do SBT cancelou por causa de custos gravações fora do Brasil, simplesmente porque nunca houve planos para gravar fora do Brasil. O que eu afirmei é que parte da trama se passaria em Cuba, Rio e outros lugares, além de São Paulo, e isso continua a ser verdade. Porém, não preciso levar uma equipe para Cuba, para simular um treinamento de guerrilha na mata. Podemos fazer por aqui mesmo. Quem quiser ver meu twitter, adicione tiagoxsantiago. Tem um fake chato usando meu nome TiagoSantiago, e vou tirá-lo, porém acabo deixando sempre para depois, tanto colocar a verificação no meu email quanto expulsar o chato que quer se passar por mim. Enfim, tenho mais o que fazer, preciso escrever novela nova e acertar com força, para esta fábrica de novelas do SBT crescer e aparecer cada vez mais, em São Paulo, ainda mais agora que tenho um diretor super parceiro, com ótima comunicação comigo, o Reynaldo Boury, um grande mestre, que tem de carreira em TV o que eu tenho de vida. E estou super empolgado com elenco que conseguimos e com a produção executiva do Sergio Madureira, outro grande parceiro. A novela estreia em março, e espero que seja um grande sucesso, a melhor novela da minha vida, até agora. Quem viver verá. Beijos para quem é de beijos, abraços para quem é de abraços. Felicidade sempre, Tiago


Escrito por TIAGO SANTIAGO às 00h07
[] [envie esta mensagem] []


17/08/2010

FINAL DE "UMA ROSA COM AMOR"

"UMA ROSA COM AMOR" terminou com 10 pontos de média e 12 de pico em SP; 12 de média e 14 de pico, no RJ; e ficou na vice-liderança isolada em todas as principais praças do país. Mais que a média geral, foram a audiência crescente e os picos constantes de 10 em inúmeros dias que me deixaram feliz, além da oportunidade de trabalhar com esse elenco genial e essa história deliciosa de Vicente Sesso. Agora vou mergulhar de novo no meu próprio universo autoral, numa novela original, a minha primeira no SBT. Estou muito animado, porque amo de verdade o que faço. Em breve, respondendo a pedidos, vou publicar aqui algumas frases que escrevi no twitter @tiagoxsantiago


Escrito por TIAGO SANTIAGO às 14h35
[] [envie esta mensagem] []


09/08/2010

GRANDES NOVIDADES

Estou no TWITTER. Sigam @tiagoxsantiago

Todos os outros que dizem que sou eu são fakes! Vou denunciá-los e tirá-los do ar!

Viajei ao Reino Unido para reunião de ex-alunos do Atlantic College, onde estudei de 1978 a 1980. Quem quiser dar uma olhada no lindo colégio, veja www.atlanticcollege.org

Vou usar muito o twitter como ferramenta de divulgação da próxima novela. É impressionante como ganho seguidores a cada minuto!

 


Escrito por TIAGO SANTIAGO às 12h05
[] [envie esta mensagem] []


25/07/2010

DE VOLTA DAS FÉRIAS

Tive férias de 10 dias na Flórida. Não conhecia e amei. É um estado lindo, limpo, em que a pobreza simplesmente não aparece, pelo menos para o turista no circuito Miami-Orlando. Eu, Ligia e Luca nos divertimos muito. Foi bom para relaxar a cabeça antes de encarar a próxima. Orlando é uma cidade totalmente voltada para a diversão. Voltei a ser criança em vários momentos, nos parques temáticos. Meu pequeno está lindo, na glória dos seus dois anos e meio, falante e fofo. Walt Disney foi realmente um gênio inovador, poderoso construtor de mitos, que fez um império a partir da necessidade que as pessoas têm do entretenimento. É claro que nem tudo é perfeito na América do Norte. É um país que vive em guerra, no exterior, há décadas, para salvaguardar seus interesses. Os cemitérios na beira da estrada estão cheios de flores para heróis mortos nestes conflitos estúpidos. E espanta o número de pessoas com obesidade mórbida, graças a uma ridícula cultura de fast food, baseada em fritas e burgers. Porém, entre estrelas e trevas, prefiro me fixar no lado brilhante da existência.

No Brasil, "Uma Rosa Com Amor" vai com audiência sempre crescente. Na semana passada, 8-7-8-8-8-6. Nesta semana, 7-7-7-7-7-6. Faltam três semanas no ar, e tenho certeza que o final vai bombar. A audiência aumentou 50% do começo para cá, e os picos em volta de 10 continuam a ser praticamente diários.

Amanhã começo a escrever a minha próxima, a primeira original no SBT, e espero que bombe com força.


Escrito por TIAGO SANTIAGO às 22h15
[] [envie esta mensagem] []


06/07/2010

NOVIDADES DE JULHO

Aqui estou. Acabei de escrever esta nova versão de "UMA ROSA COM AMOR". Já comecei a pesquisar e me preparar para a minha próxima novela, a minha primeira original no SBT. Estou novamente muito animado. UMA ROSA COM AMOR tem alcançado todos os dias picos expressivos, normalmente por volta de 21h, picos de 10 pontos ou perto de 10, uma boa audiência principalmente neste horário de concorrência tão difícil. Na semana passada, média 7 (6-8-7-7-7-5). Em junho subimos mais um pouco a audiência, que deve ter ficado perto de 7. Acredito que vamos subir mais neste final. A novela é em vários dias, atualmente, a maior audiência do SBT. Foi um primeiro passo importante nesta minha jornada que ainda vai durar no mínimo mais três novelas no SBT até 2013. A novela realmente foi encurtada 35 caps, mas não por causa da audiência, que é crescente, e sim por conta da entrada do horário político, para não desarrumar o horário. No Rio, em Brasília, BH e Porto Alegre, ouvi dizer que estamos fazendo ainda mais sucesso. E tenho fé que minha próxima novela original será um grande acerto. Será meu primeiro trabalho original depois da saga dos Mutantes. Vou fazer o melhor que puder. Aguardem-me. Abraços do Tiago Santiago 


Escrito por TIAGO SANTIAGO às 12h32
[] [envie esta mensagem] []


05/06/2010

NOVIDADES

Mudei. Mudar é bom, quando é para melhor, mas mudar sempre dá trabalho. Estou acabando de escrever "Uma Rosa Com Amor".

Já estou pensando e pesquisando para a próxima. Vai ser minha primeira novela original no SBT.

Estou como sempre muito animado. "Uma Rosa Com Amor" tem conseguido picos expressivos no horário das 21h. Outro dia, no Rio, deu 11 de pico. Em SP, até agora, o máximo foi 10 de pico. A novela tem público fiel e crescente e ainda nem entrou na parte de ação.

A saga dos Mutantes reestreou e estou com duas novelas no ar, uma na Record, outra no SBT. 

Meu neném cresce lindo e feliz. Está aprendendo a falar, vai entrar na escola, e é muito meu amigo.

Vejam abaixo quadrinha que me inspirou a voltar ao blog!  

 

 


Escrito por TIAGO SANTIAGO às 19h12
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
 
 
       
   
Histórico

OUTROS SITES
    UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis


VOTAÇÃO
    Dê uma nota para meu blog